Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2008

ERA O QUE FALTAVA

   Bem, eu estava meditando sobre a possibilidade de haver coisas mais assustadoras que a crise financeira atual, a guerra do Oriente Médio neste nada propício ano de 2008. Pois não é que vi hoje, na revista Veja, algo que realmente me assustou? Trata-se de uma foto da estilista Donatela Versace, saindo do mar, em alguma praia famosa das "Europas". A tal foto é essa que vocês estão vendo no blog. Só que ela está de costas. Na foto da revista Veja, a dona Donatela está de frente - vocês não sabem do que foram poupados, crianças. Quando vi, imediatamente me lembrei daquela passagem do filme Apocalipse Now, onde o Marlon  Brando diz "HORROR, HORROR, HORROR".

 

   Tenho certeza de que se reproduzissem essa foto em tamanho gigantesco e projetassem-na  em Israel e na Faixa de Gaza, o conflito árabe-israelense terminaria na hora, reinando então, uma paz duradoura. Queridos leitores portugueses - vocês que estão mais próximos, não gostariam de levar essa idéia para o simpático casal Sarkosy-Carla Bruni? Quem sabe, tomando um baita susto aqueles fanáticos não tomariam jeito na vida.

 

 

 

    

sinto-me: em estado de choque
música: era
publicado por cacá às 15:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 28 de Dezembro de 2008

LEITURA DA TERCEIRA DEPOIS DO NATAL

Hoje, 28 de dezembro, mais um dia de sol meio envergonhado. Esse início de verão está mesmo muito esquisito - pouco calor, pouca chuva, o que confirma a impressão que tenho de que, a partir de janeiro, teremos muito calor e pouca chuva.Não morro de amores por essa água que cai do céu, mesmo sabendo ser necessária. Hei de morar em Lima, ou então, no deserto de Atacama, onde chove uma  vez a cada cem anos, pelo menos é o que diz o National Geographic.

        Estava lendo trechos de um livro que ganhei, como presente de aniversário. Trata ele, de modo singelo, da vida de uma antiga colega do colegial, Helenira Resende de Souza Nazareth,  que anos mais tarde se integraria na luta armada, morrendo barbaramente na Guerrilha do Araguaia. Até hoje, quase quarenta anos depois, seus restos mortais não foram encontrados e reconhecidos. Até hoje, as autoridades civis e militares se recusam a passar a limpo essa página triste de nossa história. Tivemos pouco contato, contudo, até hoje quando me lembro dela e de seu destino, não consigo deixar de admirar a força de seu idealismo, a profundidade de seu desprendimento. E pensar que ela não tinha nem trinta anos quando foi assassinada.

        Mudando de assunto, gente -  essa tal de crise parece que veio para ficar. Uma coisa que me deixa indignado é que, no final de contas, trata-se de uma crise criada, planejada por um grupo de canalhas do colarinho branco, devidamente resguardados e defendidos pelo irresponsável de plantão, George W. Bush. Planejaram tudo direitinho, na hora "H", quando a coisa estourou, eles saíram de fininho, para usufruir todo o conforto proporcionado por anos de roubalheira descarada. É claro que o G.W. levou a parte dele, afinal, ele não nasceu ontem e, na divisão dos papéis, parece que ele ficou com o pior - o de por a cara para bater.  Décadas de neo-liberalismo para acabar nisso - os governos tendo que arranjar grana para socorrer bancos e empresas que entraram nessa,  seja por boa  fé, seja com terceiras quartas e sabe-se lá quantas intenções. Assim, até eu, né Mané?

        Ainda falando dessa crise, me lembro do baita susto que levei, quando em 1981, recém-chegado aos Estados Unidos, eu vi pessoas procurando comida em latas de lixo, nas ruas de Oakland. E quando vi, em São Francisco, trocentas pessoas na fila da sopa do Exército da Salvação - o meu queixo foi parar na Patagonia. E agora, as imagens não  são menos surpreendentes - famílias e famílias morando em trailers, porque tiveram que abandonar as casas por não poderem pagar a hipoteca, pessoas largando tudo, vagando pelas estradas, parando aqui e ali, à procura de um trabalho. E tudo isso, no país de economia mais pujante do mundo - imagem, então, o Haití... Falando nisso, gostaria que me explicassem por quais razões o dólar é a moeda eleita para o comércio internacional. Afirmar que os Estados Unidos são a maior e mais estável economia do mundo, não convence muito. Um país que cresceu com uma guerra e precisa de crises e guerras para prosseguir, não é lá essas coisas, creio eu. Para mim,  capitalismo é um sistema econômico irracional que exige cada vez mais controles e regulamentos, para que não leve o mundo ao auto-extermínio.

        Só para encerrar, vocês viram "Gomorra"?  Apesar do  nome, não se trata de um filme de sacanagem, sobre sodomia ou coisa do gênero. Nele, são mostradas os vários tentáculos da Camorra, a máfia napolitna. Esses tentáculos,no filme em questão, atingem vários setores da economia, que vão desde a moda até o armazenamento de lixo tóxico. Você vê esse filme, em seguida, vê o filme do Al Gore (Uma Verdade Inconveniente) e, meu Deus - não é possível concluir outra coisa a não ser essa - os negócios do mundo estão nas mãos de bandidos, nós estamos nas mãos de bandidos. É bandido mesmo, crime organizado. E agora José?

        Bem, por motivos óbvios, não escreverei outro post até o final do ano. Apesar de tudo o que disse, tenham um Feliz 2009. Seria interessante incluir, entre os votos de Ano Novo, o de recusar convites para ir ao Baile da Ilha Fiscal. Conta-se que esse baile foi o último patrocinado por Dom Pedro II. Enquanto ele e a corte, lá dentro, festejavam, lá fora os militares preparavam o golpe para tira-lo do trono. Como diz o evangelista: "orai e vigiai".

        

sinto-me: muito "Adeste Fidelis"
publicado por cacá às 23:41
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

SOBRE A TAL CRISE

 

   

 

                     Atenção todos vocês que sempre nos alertaram no sentido de poupar, visto que os dias de crise chegariam. Rejubilem-se, cantem louvores ao Senhor, afinal eles chegaram. E gastem,gastem à vontade pois, durante muito tempo, os dias de crise farão parte de nosso calendário.
 

sinto-me: na transversal do tempo
publicado por cacá às 01:57
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds