Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

PARABENS, BELA COROA

 

         Então, 13 de maio, além de ser o dia da libertação dos escravos e o dia de Nossa Senhora de Fátima,  é também o dia da Europa? Vivendo e aprendendo. Confesso minha ignorância , não sabia que os continentes tinham um dia especial no calendário.Bem, se 13 de Maio é o dia da Europa, 12 de Outubro deve ser o dia das Américas. E alguma alma caridosa, de qualquer credo, poderia me dizer quando é o dia da África, da Asia, da Oceânia, da Antártida, da Antártica?

        Da Europa, pouca coisa sei - a mitologia grega diz ela  foi alguma coisa de Júpiter - amante, filha, não sei muito bem. Botando mais os pés no chão, sei que na Europa surgiram ou se desenvolveram coisas como a Filosofia, as Artes, a Medicina e tantas  outras que engrandecem a humanidade.  Contudo, muita desgraça teve sua origem por lá - nazismo, holocausto, peste negra, guerras em geral, racismo, colonialismo, escravidão, gripe espanhola, doença da vaca louca, sífilis. Eu, hein?

        Finalizando, como O Sapo prometeu dar um destaquezinho para quem falasse da Europa e, como o meu bloguezinho precisa de um pouco mais de divulgação, escreverei bastante sobre a Europa. Lá vai  -  Europa,Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa Europa, Europa, Europa, Europa, Europa , Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa, Europa

sinto-me:
publicado por cacá às 12:29
link do post | comentar | favorito
|

COISAS DE UMA TARDE

 

        Praça do Correio, lá pelas 16 horas, desta terça de maio. Um grupo de respeitáveis senhores, componentes do exército disponível de mão-de-obra, sentados sob uma figueira, animadamente conversavam. E, de mão em mão, passava uma garrafa da branquinha, tatuzinho da boa, pinga mesmo. Um deles vestia uma camiseta, onde se lia: "Prefito ser bêbado conhecido a ser alcoólatra anônimo". Como se vê, o desejo de ser reconhecido é parte essencial da vida do homem pós moderno.

        À noite, num dos telejornais, recebo a informação de que fazer xixi durante o banho é ecologicamente correto e desejável. Não fazendo pipi no vaso, você evita gastar litros e litros de água quando dá descarga. Aproveitando o ensejo, passarei um bilhetrônico para meu deputado favorito sugerindo que seja feita uma lei que obrigue todo o tipo de prédio já ou em vias de ser construído, a ter o bidê como um de seus ítens essenciais. Sem bidê, não há habite-se (rimou, que bunitinho). Usando o bidê, você deixa de usar papel higiênico para limpar , já sabe o quê, não é? E não usando o papel higiênico, você estará contribuindo  para a preservação da Mata Atlântica, Floresta Amazônica, Pantanal, Taiga Siberiana, e tudo quanto é  selva, matinho, matão, moita, capoeira e quiçaça por esse mundão afora. Agora, por favor, não vá dar uma de radical e substituir o papel higiênico e o bidê pelo dedo. A Natureza poderá te agradecer, no entanto, não se pode garantir o mesmo daqueles que te cercam .
       

sinto-me: um soldado do Green Peace
publicado por cacá às 11:46
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Maio de 2009

DEU NA INTERNET

      Lê-se na Folha Online de hoje, 07 de maio, que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, condenou o engenheiro Rubens de Faria Júnior, médium que afirma incorporar o espírito do "Dr. Fritz", médico alemão que teria auxiliado inúmeras pessoas durante a Primeira Guerra Mundial. O citado engenheiro-médium foi condenado a pagar uma multa de R$25.000,00 por danos causados ao serralheiro Guilherme Moreira, após uma cirurgia espiritual  mal sucedida, levada a cabo em novembro de 1996. Quem quiser detalhes é só clicar nesse enderêço http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u562038.shtml  Resta saber se o engenheiro-médium representará junto Àssociação Brasileira de Medicina contra o espírito do Doutor Fritz, acusando-o de incompetência no exercício da medicina. Aliás, dada ubiquidade do  provável réu, o forum mais adequado para a discussão e julgamento da questão seria a Organização Mundial de Saúde, que tendo jurisdição sobre todo o planeta, traria a justiça para perto do Dr. Fritz onde quer que ele baixasse. Pensando melhor, uma espécie de organização intergaláctica de saúde seria o ideal, uma  vez que, sentindo a barra pesar aqui na Terra, esse doutor seria tentando a prestar seus favores médico-espirituais em outras paragens de nosso universo. 

        Com essa sentença,  justiça do estado do Rio de Janeiro, reconhece possibilidade de um cidadão em provocar dano físico e moral a um outro, servindo-se, para tanto, de recursos que vão muito além da anestesia e do bisturi. Se  a moda pega, benzedores e benzedeiras, pais e mães-de-santo e todos os profissionais que solicitam os recursos do Além e do Ignoto devem ficar de olhos bem abertos. Um trabalho de amarração, um benzimento ou um despacho mal feitos significarão, entre outras coisas, multas altíssimas ou dias e dias no xilindró. Isso, sem contar o caso de que muitos desses recursos miraculosos do Além, personificados em guias, mentores, anjos, santos, orixás, etc., são muito temperamentais, o quê pode criar situações desastrosas. Por exemplo: nos despachos , feitos para as Pombas Gira, os despachantes (médium e suplicantes)  costumam juntar uma garrafa de espumante comum, desses bem simplezinhos, que é encontrado em qualquer Barateiro da vida, Sidra Gereser, Peterlongo, para ficar nos mais conhecidos. Contudo, vai que, exatamente naquele dia, não está de plantão uma Pomba Gira paraguaia, que aceita qualquer coisa, até Cerejinha ou Fanta. Vai que, naquele dia, está plantão uma Pomba Gira francesa ou inglesa,  toda finesse e frescura, que não se contenta com essas coisas de pobre. Pronto - está feita a desgraça - o amor cujo regresso fora prometido, foge. Quem havia pedido o regresso do tal amor (gente louca, normalmente) fica possesso de raiva e frustração e não dá outra - recorre à justiça. O pobre do médium toma uma multa, que deixará sua conta bancária no vermelho, ou então, muitos dias atrás grades, sujeitos aos maus tratos daqueles meliantes e malfeitorers. Dizem que eles fazem cada coisa com a gente - cruz, credo, Deus me livre! Se bem que tem gente que gosta.

        Finalmente, como punir um espírito infrator? Com os humanos não é tão difícil, mas com os espíritos. No caso do doutor Frtiz, acredito que suspendê-lo do exercício de sua profissão seria uma boa. Claro, isso significaria uma viajem ao passado, até o local onde ele se formou e ajuizar uma petição. Como medida complementar, obrigá-lo a uma terapia de vidas passadas...Também, a título de pena alternativa, deveriam passar por uma boa análise os espiritos de porco e os espíritos santos. Os primeiros para que parem de azucrinar a vida dos palmeirenses e os segundos para que deixem essa mania de engravidar donzelas por este mundo afora. E o espírito do Amarelinho deveria ser proibido para sempre de assombrar a seleção brasileira de futebol e cometer desgraças, como na copa da França, em 1998. Dunga e alguns milhões de torcedores agradeceriam eternamente. Eu, nem tchum...

       

           


         

       

sinto-me: volte para o mar, oferenda
publicado por cacá às 14:39
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Maio de 2009

EU TE AMO, GRAN TORINO

    Semana passado fui ver " Gran Torino", do ator e diretor Clint Eastwoodd. Dele, vi poucos filmes - do período "bang-bang" não me lembro de ter visto nenhum. Mais recentemente, vi uns três: o primeiro deles é sobre um caubói decadente, que se questionava sobre seu próprio destino. Tempos depois vi "Menina de Ouro, filme que me comoveu muito. Durante muito tempo, irei me lembrar da cena em que ela diz que queria morrer antes que a recordação dos aplausos emudecesse. Sai com um nó na garganta que demorou dias para se desfazer.

        No "Gran Torino", ele faz o papel de um ex-combatente da Guerra da Coréia, marcado por uma profunda dor, pelas vidas que ele mesmo encerrou naquele conflito em que os Estados Unidos se meteram, pra variar. Não sai de sua memória a figura de um soldado coreano, que a um pedido de rendição, tem como resposta uma saraivada de balas. Com o final da guerra, vai morar no meio-oeste americano, numa cidade que é invadida por imigrantes do sudeste asiático, depois da Guerra do Vietnã. Põe castigo nisso. Não contarei o filme, pois afinal é uma não vê-lo.      

        Há um traço comum nesses três filmes: em todos eles, o herói é uma pessoa castigada pelas agruras dessa existência. Por isso, fecha-se e se aninha dentro de um abrigo emocional resistente à qualquer tipo de apelo, contato ou troca. Se isola e como um ermitão, sozinho expia suas culpas, sozinho suporta o fardo dessa existência. No entanto, essa misantropia oculta um ser apegaddo a seus valores, em constante embate com essa banalização da existência tão em moda nesses nossos tempos pós modernos. O herói do Gran Torino é um ser pleno de humanisno, não do humanismo politicamente correto, mas daquele humanismo que faz ver um pedaço de você em todos os que te cercam não importa quem eles sejam. Quanto ao resto, bem - veja o filme, antes que saia do cartaz.

        Também, na semana passada, vi "Eu Te Amo, Cara". Uma comédia romântica, segundo os cadernos de lazer e diversão dos jornais. E é mesmo. A estória é simples - rapaz bom caráter vai casar. De repente, descobre que precisa de um padrinho de casamento. Porém, como conseguir se não possui amigos do sexo masculino? E ai, começa toda a confusão. O jovem consegue um amigo que precisa e, quer seja pela novidade, quer seja pela vontade de não perder a recente e muito últil conquista, cria-se entre eles uma amizade que em muitos dos momentos mais parece um caso amoroso. A noiva fica morrendo de ciúme, mas, no final tudo se esclarece e o casal de pombinhos será feliz para sempre. Happy end, claro, pois se não o fosse não seria uma comédia romântica. Ah - o padrinho também se ajeita no final - claro, pois se assim não o fosse não seria uma comédia romântica.

        O divertido no filme é a completa inversão que se estabelece - o jovem casadouro é hétero convicto. Contudo, tem comportamentos que são atribuídos a uma parcela considerável de gays - é o filho que está mais próximo da mãe, só tem amizades com mulheres, conhece tudo ou quase tudo de cozinha, vinhos, arte, cinema, é atencioso e gentil com as mulheres e é romântico. Seu irmão, que no filme é um homossexual assumido, é a sua antítese - vive rodeado de homens, pratica esportes, é um dos melhores amigos do pai, só vai a cozinha para comer e pegar cerveja na geladeira, não gosta de filmes de arte e nunca ouviu falar da Mona Lisa. E o que é cômico - é justamente a ele que o irmão recorre a fim de saber de algumas dicas sobre como conquistar um amigo do mesmo sexo.

        O filme tem um bom rítmo, produção cuidada. O que ficou faltando foi uma exploração e um aprofundamento maior da situação vivida pelo jovem casadouro. A  situação vivida por ele, sua noiva e o futuro padrinho ficou restrita a eles mesmos. O grupo de amigas da noiva é o único que faz algumas referências superficiais, sobre a situação vivida pelo noivo. É como se os três vivessem isolados numa ilha. O ciúme da noiva teve pouco destaque, dando a impressão de que foi só para constar.  Se o diretor tivesse abordado outros grupos como os do trabalho, dos vizinhos, dos  parentes, etc talvez pudessem surgir algumas situações que dariam um tempero mais picante ao filme. Como está, está bom, no entanto, muito sem sal. Ninguém é perfeito.

   

sinto-me: turim, turim, torino
publicado por cacá às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds