Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

2010-PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Pelo jeito, 2010 será o ano de Iemanjá. Nunca vi chover tanto, nesta São Paulo de meu Deus, situada aqui, nas fuças do Trópico de Capricórnio.Segunda-feira, dia 04, choveu tanto que a impressão que dava era que o céu estava desabando. Se chover assim, por mais alguns dias, Itaipu não vai aguentar não. As águas romperão as comportas e os nossos hermanos de Buenos Aires tomarão um caldo daqueles.     Além dessa chuva que não se manca, está um calor dos demônios, o que nos deixa  com a agrádavel sensação de estar numa panela de pressão, sendo cozido aos poucos. Com esse calor e a umidade, aqueles seres nefastos que povoam o verão tropical - mosquitos, pernilongos, mutucas - nascem aos montes, contribuindo para transformar nossos dias e noites num calvário, num ordálio sem fim. Já disse - se a COP 15 fosse realizada em Cuiabá ou no Rio de Janeiro, algo de positivo teria acontecido. Na pior das hipóteses, mosquitos, pernilongos e mutucas, puniriam com picadas e mordidas esses líderes mundiais, insensíveis à questão ambiental. pub

Bem, se ao sul do Equador tudo são águas que não tem  fim, ao norte, os corpos se congelam, estátuas da morte. Li que no bar Tan Hill Inn, em North Yorkshire, no norte da Inglaterra, pessoas que se reuniam para festejar o ano novo, ficaram presas no pub, tamanha a quantidade de neve que caiu.Contudo, parece que não esquentaram muito a cabeça, não. Devem ter tomado muito chá, cerveja morna, falado muito mal da rainha e do primeiro ministro. Diana é morta, don't you never forget! E, lá pelas tantas, as circunstâncias mais uma cervejinha reforçada por uma "fumacinha", não deu outra - uma sessão rapidinha de sado-masoquismo com direito a chicotada e palmada no bumbum. Dizem que os ingleses adoram levar palmada, chicotada, chinelada no traseiro. Comentam que os mais afoitos gostam de levar outras coisas no bumbum além das prosaicas chicotadass e palmadas. Cruz credo - bumbum que mamãe cuidou, cafajeste nenhum põe a mão, que dirá "essa coisa" que os súditos de Elisabeth muito apreciam.

Fiquei sabendo que estudiosos canadenses e norte-americanos, após minuciosos estudos,
concluiram que há uma proporção ideal entre as várias partes do rosto humano. Essa proporção ideal é o que daria a sensação de beleza. Conforme tais pesquisadores, o rosto ideal é aquele onde a distância entre olhos e boca deve ser de 36% do comprimento do rosto, enquanto cada olho deve distante um do outro a 46% da largura do rosto (de orelha a orelha). Essa proporção dourada, 36/46, pode ser encontrada, por exemplo, na cantora canadense Shania Twain, enquanto Angelina Jolie e a deslumbrante Elisabeth Hurley não teriam esses quesitos. Bem, como todo o mundo sabe, formosura é uma coisa chata. É lindo de se ver, mas parece não ter vida, não ter movimento. Seja como for e sendo o bicho humano como é, vejo consultórios de cirurgiões plásticos lotados por eles e elas, munidos de régua, compasso e fita métrica, ansiosos para saber se a fachada que Deus lhes deu se encaixa no 36X46. Aqueles que ficarem por fora, darão muita trabalheira para esses profissionais da beleza. Já pensaram na engenharia facial a ser desenvolvida, para adequar a fachada de uma Cher, Ivete Sangalo, Charles Bronson nos 36X46? E Lula, Marco Maciel e Orestes Quércia - esses seriam casos para tese de outorado.

Para arrematar - a revista Star Magazine "mancheteou" que atrizes de peso se recusam a protagonizar novo filme a ser dirigido por Madonna. Fiquei amarelo-sabiá de espanto - porque será que atrizes tipo Kathy Bates, Renée Zellwerger, ou então, Shelley Winters (para os mais velhos) se recusariam a ser dirigidas pela diva? Na sequência, o artigo citava que uma das atrizes de peso era, nada mais, nada menos que Keira Knightley, que como sabemos, é um cabide ambulante. Mais magro que ela, só o "Puro Osso" personagem dos desenhos do Cartoon  Network. Foi então que me caíram as escamas dos olhos e percebi o significado da expressão atrizes de peso. Credo - ano vai, ano vem e minha "leseira" continua a mesma.

Bem, para terminar mesmo - falando em "leseira", sei que vou morrer. Em minhas preces noturnas revelo a Deus que não precisa escolher muito a razão para me levar deste mundo malvado  - pode ser um acidente de trânsito, um infarto com ou sem sequelas, ou então, uma gripe, menos a suína pois detesto porcos. Se Ele quiser dar uma de exótico, pode optar pela "Dança de São Guido", vulgarmente conhecida como "Coréia" (essa é pra provocar uma correria ao Google, né?). Também pode escolher o câncer. Não precisa ser igual ao da Dilma, pode ser uma coisa mais simples, um câncer nos cílios, por exemplo.Tudo, qualquer coisa, menos Alzheimer. Isso de ficar morto-vivo, não. Apiedai-vos de mim, Senhor, que vivo chorando e gemendo nesse vale de lágrimas.Tchau...vou dormir antes que me afogue no próprio veneno.


 

sinto-me:
publicado por cacá às 03:32
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds