Domingo, 1 de Abril de 2007

MINHA POLÍTICA DE COTAS OBRIGATÓRIAS

Creio que uma parcela considerável da população já deve ter ouvido ou lido alguma coisa sobre a tal de Política de Cotas. Em poucas palavras, trata-se de uma série de ações que, fundadas num suposto desfavorecimento de um determinado segmento da população,  pretende oferecer a esse mesmo segmento uma espécie de compensação.  É assim pensando que, aos poucos vem surgindo medidas como reservar um certo número de vagas para deficientes físicos em concursos públicos, por exemplo. Um dos exemplos mais polêmicos apareceu, quando uma lei pretendeu estipular um determinado números de vagas nas universidades públicas para os negros brasileiros. Foi um tal de se declarar negro autêntico ou descendente, mandado de segurança pra cá, mandado de segurança pra lá, ganha liminar, cassa liminar, recurso pra cima, recurso pra baixo. Além da lenga-lenga gerada nos meios de comunicação, isso pode originar situações bizarras, considerando-se a proverbial "rapidez" da justiça brasileira. É bem provável que um dos envolvidos nessa tal de política de cotas, corra o risco de ter o seu pedido julgado, de forma definitiva, quando já passou a habitar o andar de cima. Será divertido ver o oficial de justiça informando a familia do morto que ao mesmo foi conferido o direito de frequentar, de modo definitivo e incontestável, o curso de Medicina, por exemplo.

 

  Bem, parece-me que a política de cotas ao estabelecer esse tipo de compensação, pretende a longo prazo equilibrar um pouco mais a balança da relação dos vários grupos sociais. Pessoalmente, encaro com bastante reserva esse tipo de ação. Entretanto, como nesse momento, meu objetivo não é o de polemizar, decidi oferecer uma outra variante do mesmo assunto. Assim sendo,  fiz o elenco de uma série metas, que se atingidas, irão melhorar de modo sensível, o panorama cultural e moral do brasileiro, que vive e labuta nesse início de século vinte e um. Sugiro ao leitor que crie a sua política de cotas e faça dela o baluarte de sua luta, dentro dos próximos dez anos de vida. Bem, sem mais delongas vamos ao que interessa.
 
 . De cada 10 piruas que posam peladas para revistas masculinas, pelo menos uma deverá admitir que o ensaio não foi somente artístico e que rolou algum babado antes ou depois;

 

 . De cada 10 bichas em que "trupicamos" por esse  país afora, pelo menos uma não poderá pertencer a um desses quadros profissionais: arquiteto,  enfermeiro, pai-de-santo, estilista de moda, diretor de muses, organizador de exposições de obras de arte ou mostra de filmes, professor, personal trainer (ica), guia turístico, ator pornô, comissário de bordo, operador de telemarketing, cabeleireiro, vitrinista, maquiador,  fofoqueiro de programas vespertinos de rádio ou televisão;

 

 . De cada 10 juízes, pelo menos um não poderá ter ligações com o narcotráfico, esquadrões da morte, justiceiros ou políticos corruptos;

 

 . De cada 10 bichas que comparecem à Parada Gay de São Paulo, pelo menos uma estará proibida de pronunciar uma dessas expressões: "eu sou mulher", "linda, maravilhosa", "arrasô";

 

 . De cada 10 garotos de programa, pelo menos um deverá admitir que, além do dinheiro, transa com homens porque gosta;
 
 . De cada 10 garotos de programa, pelos menos um não poderá meter o primo nas estórias nebulosas que contam;

 

 . De cada 10 garotos de programa, pelos menos um está proibido de dizer que é "ativo liberal" ou convidar você para "fazer uma brincadeira";

 

 . De cada 10 jogadores da seleção brasileira, pelos menos um tem que para com essa mania de dedicar o gol ou a vitória do time, à mãe, à esposa, ao filho ou à filha que acabou de nascer;

 

 . De cada 10 jogadores da seleção, pelo menos um tem que ser proibido de dar sua opinião em assuntos que não sejam futebol e, muito especialmente, religião;

 

 . De cada 10 jogadores da seleção, um tem que se mancar e não mencionar o nome da cidade, bairro ou cafundó onde nasceu (essas coisas tipo Bady Bassit, Jardim Nakamura, Água do Almoço, etc.);

 

 . De cada dez jogadores de futebol, pelo menos um,  ao comentar a derrota do time, não diga que  "a equipe está unida";

 

 . De cada 10 chamadas de filme na televisão, um está definitivamente proibido de conter uma dessas expressões: "turma do barulho", "armação", "adrenalina";

 

 . De cada 10 advérbios que o Faustão usa em seu programa para caracterizar seus convidados, um deles não poderá  mesmo ser a palavra "super";

 

 . De cada 10 bandas de "hi-hop", pelo menos uma delas deverá ter um componente branco, albino, japonês ou índio;

 

 . De cada 10 brancas que se casam com um pagodeiro dos cabelos amarelos, roxos, pink ou verdes, uma delas não poderá colocar nas filhas do casal os nomes de Andressa ou Raíssa;

 

 . De cada 10 participantes do Big Brother, pelo menos um deles deverá ter o QI ligeiramente superior ao da minhoca;

 

 . De cada 10 participantes de telenovelas, pelo menos um ou uma será obrigatóriamente ator ou atriz profissional e não ser malhado/malhada e nem obedecer aos padrões de beleza vigentes;

 

 . De cada 10 atores ou atrizes, pelo menos um ou uma deverá confessar que chegou onde chegou ou porque fez o teste do sofá ou porque é o queridinho ou queridinha de algum figurão ou figurona;

 

 . De cada 10 livrarias, pelo menos uma deverá ter como atividade principal o livro. O mesmo se aplica às farmácias, estações do metrô, supermercados (especialmente os caixas), casas lotéricas;

 

 . De cada 10 páginas que as revistas gastam no relato das babaquices de "celebridades" tipo Débora Seco, Vanessa Camargo, Giovana Antonelli, Danielle Winnitz, Dado Dolabella, Murílio Benício, Thiago Lacerda ou Rodrigo Santoro, pelo menos uma página será dedicada à publicações de poemas ou textos de Cecíclia Meirelles, Fernando Pessoa, Guilherme de Almeida, Clarice Lispector e tantos outros e outras;

 

 . De cada 10 jornais ou revistas, pelo menos um ou uma terá que parar, obrigatoriamente,  de colocar a letra "s" no final das siglas. É bom lembrar que sigla não tem plural - dizemos as CPI e não "as CPIs";

 

 . De cada 10 notícias sobre furações no Texas, tufões nas Filipinas, terremotos no Irã ou  o nascimento de mimosos gambás no zoológico de Feira de Santana, pelo menos uma notícia deverá ter  um relevante cunho cultural e educativo;

 

 . De cada 10 canções criadas por rappers, pagodeiros, hiphopeiros uma delas deverá ser necessariamente intelígivel e ter algum sentido,

 

 . De cada 10 minutos dos não sei quantos que o apresentador Sílvio Santos usa na televisão, pelo menos em minuto ele seja proibido de dar aquele "ha-ha-hai" característico e abominável;

 

 . De cada 10 candidatas a miss Brasil (ainda existe?), que pelo menos uma seja obrigada a ler outro livro que não seja do Paulo Coelho, (antigamente, era o Pequeno Príncipe, lembram?);

 

 . De cada 10 mulheres, pelos menos uma tem que admitir que faz sexo sem amor que não deixa calcinha suja no banheiro;

 

 . De cada 10 estranhos que te oferecem uma bebida ou uma bala, pelo menos um não te aplique o "Boa Noite, Cinderela";

 

 . De cada 10 celebridades que roubam objetos tais como vasos, gravatas,  em locais públicos como cemitérios, exposições,  lojas de grife, ou particulares como casa de amigos, pelo menos uma delas confesse que o fez por vontade própria e não porque estava em depressão, ou teve um faniquito, ou então,  distúrbios de comportamento. E, por favor, que nenhuma delas fique publicando nos meios de comunicação, notinhas explicativas e pedindo desculpas. É rídiculo, pra dizer o mínimo;

 

 . De cada 10 assassinos do pai, mãe, avô, avó, irmão, irmã, filho, filha, etc., pelo menos um não poderá confessar que o fêz porque estava sob a influência do namorado ou namorada, passando por forte tensão emocional, estresse profundo ou então sob a influência do "Tinhoso", "Demo" ou "Encardido";

 

 . De cada 10 homens, pelo menos um deverá confessar que tem o pau pequeno. Nada de usar expressões evasivas como "médio", tamanho salão", "serve", "ninguém se queixou até hoje", etc.;

 

 . De cada 10 mulheres, pelo menos uma ter que admitir que o tamanho é documento e basta;

 
 . De cada 10 homens, um será obrigado a assumir a fase adulta a partir dos 18 anos e, entre outros deveres, deixar de usar essa irritante idumentária, jóia da cafonália americana: bermudão, camisetão e tênis com meia;

 

 . De cada 10 bofes sarados que está com uma coroa famosa, pelo menos um será obrigado a confessar que o importante no relacionamento é a conta bancária dela. Consequentemente, de cada 10 coroas famosas, uma deverá se mancar e admitir que o bofe gostoso que a acompanha, tem uma devoção profunda por seu talão de cheque e cartão de crédito;

 

 . De cada 10 padres, pelo menos um será obrigado a admitir que já transou no seminário com um dos colegas ou que, no mínimo, já bolinou o coroinha

;

 . De cada 10 petistas, pelo menos um tem que admitir que o Lula sabia de tudo;
 
 . De cada 10 adolescentes, pelo menos um será proibido de usar expressões tais como: "tá ligado", "beleza", falô", "bró", "maluco", "irado", "demorô" e o abominável "mó" substituindo a palavra "muito" no comparativo de superioridade. Exemplo: "tá o mó frio", ao invés de "está muito frio".

 

 . De cada 10 babás, flagradas espancando indefesas criancinhas, pelo menos uma tem que  confessar que o fez por herodismo (prazer mórbido de maltratar crianças). Nada de usar desculpas esfarrapadas como relatar que  "uma voz dizia pra eu fazer aquilo", ou então, "eu estava possuída pelo demônio". E de cada 10 pessoas que maltratam os idosos, um deles tem que admitir que o fez por gerontofobia;

;

 . De cada 10 evangélicos, pelo menos um será obrigado a abrir os olhos e perceber que sua religião prega uma intolerância profunda em relação aos praticantes do candomblé, umbanda, espiritismo, principalmente;

 

 . De cada 10 pastores evangélicos, um pelo menos terá que confessar que sacaneia seus fiéis, induzindo-os a doarem seus bens, em nome de Jesus e da salvação de suas almas

;

 . De cada 10 advogados famosos, pelo menos um deve se recusar a defender algum sabido e manifesto assassino, bandido, político ou empresário corrupto e juízes  envolvidos em sacanagens com a lei;

 

 . De cada 10 CPI, pelos menos uma, obrigatoriamente, não deve terminar em pizza;

 

 . De cada dez políticos, pelo menos um tem que admitir que é ladrão, corrupto passivo e ativo, canalha, cafajeste, cara-de-pau, filho-da-puta, safado, sacana, etc., etc., etc.,

 

sinto-me:
publicado por cacá às 21:03
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds