Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

BANANA NÃO É O SEU BUSSINESS

 

Entre as esquisitices de Hollywood estão  um pato que tem quatro dedos, e anda pelado da cintura para baixo e um homem voador que usa a cueca por cima da calça. E eu me lembro de mais outra. Não sei se vocês viram um filme com  Carmen Miranda, cujo título em inglês é "The Gang's All Here". Aqui no Brasil mudaram o título para "Entre a Loura e a Morena" - tudo a ver, não é gente?

 

  É um musical, como o foi a maioria dos filmes em que Carmen Miranda dançou, cantou e representou. Esse foi dirigido por Busby Berkeley e se tornou famoso pela antológica sequência onde Carmen aparece interpretando "The lady in the tuti frutti hat". Para tanto, o diretor criou uma ilha artificial num palco, usando materiais bem simples. A orla dessa ilha ilha foi decorada com bananeiras e não com palmeiras. Milhares de bananeiras, cada qual com um cacho e, em algumas delas, um macaquinho de verdade mesmo, guinchando e tudo. Na sequência final, num cenário pintando, representando uma pirâmide invertida de bananas, surge Carmen Miranda, dando a impressão de carregar na cabeça, aquela pirâmide de bananas. Eu esse filme num cinema de tela grande e a sensação é que aquela pirâmide vai cair da cabeça da atriz e  se espalhar pela sala de projeção.

 

  Até ai, tudo bem - trópicos, bananeiras com alguns morangos, evidentemente deslocados, exotismo e Carmen Miranda arrasando como sempre. Acontece que, se você prestar bem atenção nas bananeiras, vai descobrir algo simplesmente impensável e anti-natural. Todas as bananeiras que enfeitam a ilha artificial do filme estão com o cacho de ponta cabeça. Faltou um consultor brasileiro na equipe de produção, ora veja. Todo o brasileiro já viu um cacho de bananas na vida e sabe muito bem que a pontinha que não está grudada no talo do cacho é preta. Além disso, ele sabe que, na natureza, na bananeira, essa pontinha preta está voltada na direção do solo. Porém, no filme dos gringos a tal pontinha preta está voltada para o alto, demonstrando assim um total desconhecimento da vida desta fruta, de importante valor alimentício e que nos traz à memória a figurinha simpática de nossa inesquecível Carmen. (Se eu tivesse grana, eu me dedicaria à exportação de bananas. Usaria como rótulo de meus produtos, uma foto da Carmen, com aqueles turbantes maravilhosos, cheios de badulaques). Eu vi esse filme lá nos States e quando percebi o erro cai na gargalhada. Meus amigos gringos não entenderam nada e na saída, tive que lhes dar uma aula de botânica sobre a morfologia e anatomia da banana. Sorry Hollywood, mas banana não é o seu bussiness.

 

  Para quem não sabe, Carmen Miranda é brasileira. Nasceu em Portugal, mas é brasileira, que me desculpem meus leitores portugueses. E para que vocês não fiquem magoados, nós, brasileiros, damos de presente para vocês o Felipão e todos os jogadores brasileiros de futebol que andam por aí, pela Europa. Podem ficar com eles, pois aqui eles não fazem falta nenhuma. Eles também não entendem de banana.

  

  

sinto-me: afogado em bananas
publicado por cacá às 03:15
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Elcio Nogueira dos Santos a 6 de Abril de 2008 às 06:02
O q importa são as bananas...hhmmmm

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds