Domingo, 31 de Janeiro de 2010

FREUD, DÁ PARA EXPLICAR?

Essa aconteceu na cidade de Serra Careca, interior do estado do Piaui, noticiada pela emissora local. Segundo o relato, a jovem Renata do Rêgo Curto, devidamente assessorada por um advogado, apresentou ao juiz um pedido, no mínimo, estranho. Em sua petição, a jovem Renata, clamando por justiça, exigia o direito de ser mal tratada, esculhambada, encoxada e vilipendiada, além de ser vítima de bolinações no transporte público e que tais e ser objeto de brincadeiras de mau gosto, referindo-se ao fato de ser portadora de um perfil alternativo, leia-se, gordinha. Explicando melhor - a jovem Renata do Rego Curto, está no auge de sua plenitude: 28 anos, bem informada, culta, boa renda mensal. Se os 28 anos e a plenitude de Renata tivessem ocorrido há mais ou menos uns quarenta anos, ela seria o que na época era conhecido como mulherão, avião, boazuda, corpinho violão, gostosona. E claro, o que não faltaria seriam de bofes, rondando o portão de sua casa. No quesito polegadas a mais, com Renata, a natureza foi mais pródiga do que fora com Marta Rocha, a famosa Miss Brasil 54.

A seu favor, Renata argumentava que, após a Lei da Urbanidade e Civilidade ter sido aprovada pela câmara dos vereadores de Serra Careca, sua vida mudou radicalmente, para píor. Deixou de ser encoxada no coletivo, não foi mais beliscada nos elevadores e corredores do escritório onde trabalha. Ao passar pelas ruas, não tem mais ouvido a expressão contrapeso de piano, referindo-se às suas medidas fartas demais para o padrão mulher cabide. Até seu irmão adolescente, quando a vê de vassoura à mão não mais pergunta se ela vai varrer ou voar.  Prossegue, afirmando que tudo isso interferiu em seu equilíbrio psicológico a ponto de ter crises de angústia, perda do apetite (chegou até a emagrecer) e insônia. E finaliza, reinvindicando o direito de ser notada mesmo que seja de modo pouco elegante, a ser vítima de indiferença ou fingida aceitação.

O meretíssimo bateu o martelo, concedendo à pobre Renata o direito de ser esculhambada, vilipendiada, bolinada sete vezes por dia, a saber - ao levantar, ao sair de casa para o trabalho, ao entrar no coletivo, três vezes durante o expediente, uma vez no trajeto do trabalho para a casa e mais uma vez, antes de dormir. O advogado promete recorrer, pois, segundo ele o meretíssimo jamais poderia determinar a quantidade de esculhambação diária. "No final das contas", disse o causídico" o que é de gosto, regalo da vida"

Serra Careca aguarda com ansiedade o desfecho do caso. Os habitantes discutem apaixonadamente, havendo já torcidas pró e contra esculhambação. A canção mais pedida na emissora local é "Geni e o Zepelim", de autoria de Chico Buarque. Comenta-se até que, uma famosa rede de tevê nacional, em parceria com a mexicana Televisa,irá produzir uma minissérie com base na estória de Renata. O título será "Ordinária, porém feliz"

Vera Coral, que anda numa fase muito zen, depois que lhe tiraram os encostos , ao comentar o caso, disse que se lembrava de uma citação feita por Madre Teresa de Calcutá. Segundo essa veneranda freira, a pior doença do mundo não é o câncer, mas sim, a rejeição. Vai saber - somos tão complicados, nosso bem estar é uma combinação de coisas tão complexas e algumas contraditórias...será que alguém explica?

 

GLOSSÁRIO

MARTA ROCHA - miss Brasil, 1954. No concurso de Miss Universo daquele ano, ficou em segundo lugar, perdendo o título por causa de suas medidas, duas polegadas além do exigido na época. No entanto, esse fato jamais foi comprovado. Marta Rocha, ainda vive.

ZEPELIM - meio de transporte aéreo, tipo balão, cujo forma lembra um charuto. Foi inventado por um alemão, em 1900, Conde Zeppelin. Não confundir com disco voador.

CHICO BUARQUE - um dos melhores compositores brasileiros. Sempre é bom lembrar dessas coisas, pois, afinal de contas, a música brasileira não é só Ivete Sangalo, Kelly Key,sertanojos, pagodeiros, etc.

ENCOSTO - espírito que está ao lado de alguém para prejudicá-lo. Dizem que pode ajudar, mas ninguém nunca viu.

CAUSÍDICO - defensor de causas, advogado.

 

sinto-me:
publicado por cacá às 03:03
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

CITAÇÕES DE NAJA

Essa, minha querida Naja Maria tirou do cofrinho de urutu-cruzeiro, coisa herdada de sua bisavó que era um bugre. Como voces já devem estar estressados de saber, eu e a Naja nos conhecemos no Colégio Flores do Lodo, onde juntos cursamos o Propedêutico. Isso foi no tempo em que a) "pet shop" era uma expressão que não existia na boca de ninguém; b) "irado" era alguém tomado, avassalado ou consumido por profundo sentimento de raiva ou ódio; c) "balada" era um gênero de música romântica, ou então, ser atingido por alguma bala atirada por algum engraçadinho ou pessoa de maus bofes; d) "bala perdida"  era um tipo de confeito ou doce que você ganhava de alguém (tia, avó, pai, mãe, etc) e esquecia em algum lugar - rua, banheiros públicos, casas públicas, e) "ficar" era estar ou permanecer em algum lugar , posição ou modo. Exemplos: "fiquei na casa da Lupita, aquela sirigaita do 201", "fiquei sentado, vendo a caravana passar. Os cachorros não latiram", ""fiquei bege quando vi o tamanho do decote de Isadora Silderleide". Deu para sacar?

 

Voltando ao planeta, certa tarde, depois do chá de anis com bolachinhas de nata , à sombra da mangueira, comentando sobre os revezes da vida, Naja Maria me sai com essa: "a vida não é um "self service" onde você entra e se serve do que bem entende. A vida mais se parece com uma quentinha - você pede, paga, abre e come o que encontra. Se não  gostar, azar o seu, meu bem -  vai ficar com fome, pois a vida não oferece serviço " à la carte". É isso aí, fui.

 

GLOSSÁRIO

BUGRE - tribo indígena do sul do Brasil.

PROPEDÊUTICO - curso preparatório a estudos superiores

MAUS BOFES - pessoa de péssima índole

SIRIGAITA - mulher oferecida, sem recato, namoradeira, o mesmo que lambisgóia

MANGUEIRA - árvore frutífera cujo produto é a manga. Não confundir com conhecida escola de samba carioca.

sinto-me:
publicado por cacá às 00:35
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

E AGORA, PITANGUI?

Como a maioria dos mortais já sabe, o Brasil é um dos campeões em cirurgias plásticas. Parece que perde somente para os Estados Unidos. O artigo que li a respeito não fazia distinção entre cirurgias plásticas de reparação e aquelas realizadas por necessidade estética, por vaidade, diga-se logo de uma vez. No entanto, como estamos cansados de saber, em nome da eterna juventude, beleza e formosura, os humanos deste século, dos passados e dos vindouros cometem ou cometerão todo o tipo desatino. Haja a vista que humanos dos dois sexos, depois de esticarem e puxarem sua camada de epiderme inúmeras vezes, ficam com a boca parecida com boca de peixe de áquario. Isso, sem mencionar, aqueles e aquelas que ao sorrir lembram éguas que, no interior deste país, puxavam e puxam charretes. Você, caríssimo leitor, pode ter uma remota idéia do que isso significa olhando para a ilustração deste post.

 

Bem, isso me veio à cachola apenas como introdução à notícia de que a senhora Ângela Bismarck é a campeã de cirurgias plásticas no Brasil. Na notícia em questão, dona Ângela aparece com o corpo enxutérrimo, exibindo sua venusiana plástica numa das praias badaladas do Rio de Janeiro. A propósito, dizem os mais críticos que a capital da República dos Camarões deveria ser o Rio de Janeiro. Não entendeu? Bem, então a tia explica - como se sabe o camarão é um bicho marinho do qual o corpo se aproveita, mas a cabeça ... essa não tem jeito!

 

Voltando à dona Ângela , fico pensando que parte de seu corpo ainda permanece intocada - seria a palma da mão, a planta do pé, a menina dos olhos ou ...? Aos adeptos deste puxa-e-estica  é sempre bom lembrar que nosso tecido epitelial é um contínuo. Assim sendo, as mudanças promovidas num determinado ponto, afetam os pontos  que lhe são adjacentes. Não entendeu? Bem, digamos que quando você estica demais uma parte, tudo o que está abaixo dela, costuma subir um pouco. A ficha ainda não caiu? Sendo assim, só me resta recordar aquela estória, que percorre este país há décadas e que se refere a uma respeitável  e vetusta senhora, de mui distinta e opulenta classe social. As crônicas da época destacavam que, após realizar inúmeras plásticas, começou a ocorrer um fato muito estranho e pitoresco - toda vez que essa distinta dama sorria, seu queixo era ornamentado por um inexplicável  e esquisito cavanhaque. Era o caso de se perguntar: e agora Pitangui? .

 

 

sinto-me:
publicado por cacá às 02:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

JESUS, LUZ

Que horror, não para de chover. Desde meados de agosto, que não temos mais que uma semana sem água. Volta e meia - catapum, lá vem chuva, com direito a tudo: inundações, alagamentos, afogamentos, raios, e o escambau. Tô vendo o dia em que Nóe solicitará uma revisão no Gênesis, mudando o local do Dilúvio, da Ásia Menor, para São Paulo.

Fiquei sabendo que as brasileiras Alessandra Ambrósio, Gisele Bündchen e Adriana Lima estão entre as mulheres mais desejadas do mundo, conforme  pesquisa anual feita pelo site Askmen.com. São as mulheres mais desejadas do mundo para que: fazer faxina, lavar a roupa, trabalhar em telemarketing, dar aulas de dança-do-poste, vender produtos da Avon ou da Tupperware? Caro leitor - que outras atividades essas três cachopas*poderiam desempenhar?

Jesus Luz, o bofe de plantão da Madonna, desfilou pela Ellus, na Semana de Moda de São Paulo, mais conhecida pelo povinho e pelo povão, como São Paulo Fashion Week. Dizem que sua aparição foi estrondosa, as pessoas se atracavam para vê-lo. Eu, que não tenho cacife para frequentar, fiquei com a sensação de que esse Jesus Luz pode tudo - até curar prisão de ventre e espinhela caída.

Enquanto isso, no Haiti, as pessoas se atracam mesmo, por motivos mais básicos - encher a barriga de comida. Tenho visto cenas no noticiário da tevê que são de assustar - acho que no Haiti não há mais pessoas e sim, animais famintos. Posso estar enganado, mas se lá, no Haiti, houvesse petróleo, já teriam dado um jeito, não é?

Recadinho para Jesus, não o da Madonna, mas sim, o da Maria - que tal abandonar o berço esplêndido em que te encontras e vir aqui embaixo, fazer uns reparos nas coisas que o seu pai andou criando? Seria interessante fazê-lo logo, pois do jeito que a coisa vai, o Dia do Juízo Final será um fiasco - não haverá ninguém para ser julgado e você não poderá usar a túnica que o Armani desenhou e fez para tão auspiciosa ocasião. Mestre, se manca. Tenha mais luz.

 

GLOSSÁRIO

CACHOPA - siônimo de moça. No Brasil não se emprega, não sei se o mesmo acontece em Portugal. Em todo o caso, creio que seja palavra muito antiga, do tempo em que Dom Sebastião não tinha nascido. A primeira vez que ouvi, estava nos cueiros., ainda Era uma cançãozinha que dizia assim: " Uma cachopa de branco / uma noite de luar / um ploc, ploc de tamancos / dois corações a palpitar"

sinto-me:
publicado por cacá às 01:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 17 de Janeiro de 2010

AGRADECIMENTO DO DIA

Agradeçamos a Deus, Alah, Xangô, Jeovah, Buda, etc pelo fotógrafo ter tirado a foto por trás e pelo fato de não estarmos embaixo do modelo. Ide em paz.

sinto-me:
publicado por cacá às 15:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

TOME SORO ANTIOFÍDICO ANTES DE LER.

A apresentadora Hebe Camargo recebeu um diagnóstico nada legal - segundo exames feitos no Hospital Albert Einstein, ela tem um raro tipo de câncer no peritônio, porém, com muitas chances de recuperação.

 

Hebe, querida - a única coisa de que eu não gostei muito, foi quando você apoiou aquele senhor de costumes duvidosos, chamado Paulo Maluf. Quanto ao resto, nada contra. Desejo e espero que tudo seja resolvido a seu favor e o mais rápido possível. Ficar fazendo veraneio em hospital é dose pra mamute, não é mesmo? Em todo o caso, aqui vai uma sugestão - se eu fosse você, daria uma ligadinha para Dilma Rousseff - sim, ela mesma. E, depois de perguntar pela saúde , eu pediria o endereço dos médicos que cuidaram do câncer dela. Lembra como  eles curaram o câncer dela rapidinho, rapidinho. E veja - o câncer dela era muito mais grave que o teu.

 

Seja como for - força no sofazinho e recupere-se. Tua platéia te espera.

sinto-me:
publicado por cacá às 06:33
link do post | comentar | favorito

E LÁ SE VAI MAIS UMA POMBA...

Hoje, fui arrancado dos lençóis pelo berro do telefone. Era Naja Maria que acabara de voltar da padaria, onde fora comprar churros para o café da manhã. De cara, ela me perguntou:"já sabe quem morreu?". Não, respondi. "Pois é, continuou, "quem morreu foi dona Zilda Arns"E eu: "onde, como, porque?". Ela: "uai, não me diga que você não tá sabendo que ela morreu, nesse terremoto do Haiti". Eu: "ce tá louca? Eu nem sabia do terremoto no Haiti.Desde que Andrômeda morreu por infecção contraída no pet-shop, eu não tenho visto mais jornais e telejornais". Andrômeda era minha tartaruga de estimação que achei certo dia, na praça pertinho de casa. Liguei a tevê e constatei a veracidade das palavras de Naja Maria.


Para quem não sabe ainda quem foi a doutora Zilda Arns e a importância de seu trabalho segue abaixo um texto copiado da Wickpedia: "formada em medicina, aprofundou-se em saúde pública, pediatria e sanitarismo, visando a salvar crianças pobres da mortalidade infantil, da desnutrição e da violência em seu contexto familiar e comunitário. Compreendendo que a educação revelou-se a melhor forma de combater a maior parte das doenças de fácil prevenção e a marginalidade das crianças, para otimizar a sua ação, desenvolveu uma metodologia própria de multiplicação do conhecimento e da solidariedade entre as famílias mais pobres, baseando-se no milagrebíblico da multiplicação dos dois peixes e cinco pães que saciaram cinco mil pessoas, como narra o Evangelho de São João (Jo 6:1-15). A sua prática diária como médica pediatra do Hospital de Crianças César Pernetta, em Curitiba, e, mais tarde, como diretora de Saúde Materno-Infantil da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, teve como suporte teórico as seguintes especializações:

Sua experiência fez com que, em 1980, fosse convidada a coordenar a campanha de vacinação Sabin, para combater a primeira epidemia de poliomielite, que começou em União da Vitória, no Paraná, criando um método próprio, depois adotado pelo Ministério da Saúde.


Em 1983, a pedido da CNBB, criou a Pastoral da Criança juntamente com o presidente da CNBB, dom Geraldo Majella, Cardeal Agnelo, Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil , que, à época, era Arcebispo de Londrina. No mesmo ano, deu início à experiência a partir de um projeto-piloto em Florestópolis, Paraná. Após vinte e cinco anos, a pastoral acompanhou 1 816 261 crianças menores de seis anos e 1 407 743 de famílias pobres em 4060 municípios brasileiros. Neste período, mais de 261 962 voluntários levaram solidariedade e conhecimento sobre saúde, nutrição, educação e cidadania para as comunidades mais pobres, criando condições para que elas se tornem protagonistas de sua própria transformação social.


Para multiplicar o saber e a solidariedade, foram criados três instrumentos, utilizados a cada mês:

  • Visita domiciliar às famílias
  • Dia do Peso, também chamado de Dia da Celebração da Vida
  • Reunião Mensal para Avaliação e Reflexão

Em 2004, recebeu da CNBB outra missão semelhante: fundar e coordenar a Pastoral da Pessoa Idosa. Atualmente mais de cem mil idosos são acompanhados mensalmente por doze mil voluntários de 579 municípios de 141 dioceses de 25 estados brasileiros.

Dividia seu tempo entre os compromissos como coordenadora nacional da Pastoral da Pessoa Idosa e coordenadora internacional da Pastoral da Criança e a participação como representante titular da CNBB no Conselho Nacional de Saúde, e como membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

Zilda Arns encontrava-se no Haiti em missão humanitária e preparava-se para uma palestra sobre a Pastoral da Criança, na Conferência dos Religiosos do Caribe. Foi uma das vítimas do forte terremoto que atingiu o país, em 12 de janeiro de 2010. Viúva desde 1978, Zilda Arns deixou quatro filhos e nove netos."


Pois é, dona Zilda - por tudo isso, tá mais que na cara que a senhora vai fazer uma bruta duma falta. Será que se as crianças do mundo inteiro fizerem  um pedido, o senhor, meu Deus, reverteria a situação? Mandava dona Zilda de volta, do mesmo jeitinho que ela era?  Também... ah, que egoísmo besta, esse nosso. Dona Zilda já devia estar um pouco cansada dessa luta toda. Estava na hora de ter o merecido descanso e as recompensas  devidas pela generosidade imensa com que inundou nossas vidas. E nós, precisamos mais é criar vergonha na cara, enfiar a mão na massa e fazer pelo menos um décimo do que ela fazia pelos desvalidos.


Na conversa pelo telefone, Naja Maria, me perguntou indignada por que essas coisas não acontecem com pessoas do tipo Paulo Maluf, José Sarney, os mensaleiros, Eliana Tranchesi (a trambiqueira, dona da Daslu) e outros corruptos, cafajestes e sem-vergonhas desse mundo afora. Simples, Naja querida - não acontece nada com essa canalha, simplesmente por que essa corja, essa súcia nada tem a fazer em locais como o Haiti. Me diga, Naja darling, o que faria, por exemplo, Paulo Maluf no Haiti?  No Haiti,meu amor, nada há para ser roubado, não há ninguém para ser corrompido, nada há para ser desfeito, pervertido, destroçado, destruído ou reduzido a pó.


É isso ai, people. Dona Zilda, descanse em paz. De vez em quando, dê uma espiadinha em seus filhos, aqui embaixo, nesse vale de lágrimas. E desde já, miserere nobis. Amém, paz para todos.

 

sinto-me: buáááááááá´buááááááá buáááááá
publicado por cacá às 03:10
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds