Domingo, 3 de Janeiro de 2010

INVESTINDO NA LAGE

Uma característica das grandes metrópóles da América Latina é a presença, na periferia, de uma grande quantidade de favelas. Nelas, as habitações são humildes, sem quintal ou jardim que as separe e, ao invés de um telhado, uma lage de cimento. Além de servir de cobertura e futuro suporte para um sobradinho, esse artifício da construção civil tem outras utilidades - serve como quintal para estender roupa, área de lazer e confraternização, onde são realizadas festas, churrascos e onde também, as mocinhas ganham uma cor nos finais de semana ensolarados. Tanto assim que, segundo lenda  que circula nessas cidades, existe um tal de concurso da Garota da Lage, criado para escolher a garota da periferia com o bronzeado mais bonito. Todo o mundo já ouviu falar disso, contudo, ninguém sabe quem o patrocina e em que canal de tevê se pode vê-lo.

 

Pois bem - no dia 29 de dezembro, estava lendo o jornal, quando deparei com a notícia de que Azelina Viana da Silva, uma merendeira aposentada, de 76 anos, moradora da favela do  Morro do Pavão-Pavãozinho, estava organizando o Primeiro Reveillon na Lage. Segundo a reportagem, essa senhora, moradora do local há 76 anos, tem uma vista priveligiada da Praia de Copacabana, desde que se suba na lage de seu barraco. Ao longo dos anos, sempre convidava parentes e amigos para apreciarem a queima de fogos na passagem do ano, reunindo todos na lage de sua residência. Após a queima dos fogos, todos ficavam por ali mesmo, bebendo, comendo alguma coisa, comemorando a passagem do ano.

 

Acontece que dona Azelina teve um estalo e  além dos parentes e amigos, decidiu convidar turistas para ver a queima de fogos, organizando assim o primeiro reveillon na lage. Devidamente assessorada por agência de turismo,ela investiu num segmento do mercado que é abundante nessa época do ano, no Rio de Janeiro - o do  turista que não tem onde passar o reveillon. Cada um pagará a quantia de 250 reais,mais ou menos 110 euros, com direito a salgadinhos, espumante e caipirinha. A idéia empolgou a todos e já se fala na construção de cerca de 40 lages para o reveillon deste ano. É isso ai, dona Azelina - força no salgadinho. Quem sabe, daqui alguns anos, a senhora poderá comprar uma casa no asfalto, com o dinheiro arrecadado com mais essa modalidade de investimento.

 

Só pra terminar - na tarde do dia 31, estava eu na Avenida Ipiranga, vendo os participantes da Corrida de São Silvestre, quando encontrei Naja Maria. Até aquele instante, não sabia que ela se interessava por essa modalidade de esporte. Contei o fato para ela, que mora numa cobertura chiquérrima de Higienópolis, herança dos tempos dos barões do café. Ela refletiu um pouco e disse que vai também alugar a cobertura de seu apartamento, não para queima de fogos de reveillon. Acompanhando a tendência da época, ela pretende alugar sua cobertura, para pessoas depressivas, com tendências suicidas. Além do aluguel do local, o serviço incluiria, entre outros: comidas e bebidas para até 5 acompanhantes, serviços religiosos, serviços de digitação para aqueles que quiserem deixar uma cartinha de despedida, etc. Fico por aqui, pois, se transformar em letras tudo o que Naja Maria disse , tenho certeza de que meu próximo reveillon será embaixo de alguma coisa que nada tem a ver com lage.

sinto-me:
publicado por cacá às 02:22
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Edmundo a 5 de Janeiro de 2010 às 11:42
Como as notícias pós-reveillon que estou
ouvindo são só de desgraças ... será que a Lage da dona Azelina resistiu?
De cacá a 6 de Janeiro de 2010 às 04:35
Não só resistiu, como será transformada num "dark room" nos finais de semana, a pedido do público gay. Conhecedora da vida, dona Azelina já solicitou dos meninos certa moderação. Naquelas alturas, no calor da coisa, um movimento um pouco mais brusco, transformará em tragédia o que era para ser um "Up-Uma Aventura nas Alturas"

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogaqui?

já visitaram esse blog

subscrever feeds