Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007

Marilyn e Bob

Quarta-feira, véspera do aniversário da cidade, antes das dez horas saio do metrô Brigadeiro e quase que disparo em direção da esquina. Já estava um pouco atrasado para a consulta médica. Um dia um tanto quente, neste verão meio chocho que acontece nesses tempos pós-protocolo de Kioto. As calçadas, formigando de gente de todos os tamanhos, de todos os coloridos, de todas as formas. Dobro a esquina, meu corpo ingressa na Brigadeiro e de repente, deparo com o simpático casal - Marilyn e Bob.

Ela, no viço de seus quase vinte anos, de formas não tão exuberantes quanto à sua inspiradora. Fazia uma Marilyn um pouco mais enxuta, uma Marilyn minimalista,  para usar uma terminolgia adequada a esses nossos tempos de pós-qualquer coisa. Rosto risonho, tagarelando, bastante expansiva, loiríssima, usava um vestido branco de mesmo feitio que o outro, o original, aquele que foi usado na famosa cena do respiradouro do metrô. Para quem não sabe do que estou falando, quero lembrar que: a ) Marilyn Monroe foi uma estrela muito famosa na galáxia de Hollywood, b) faleceu em agosto de 1962, consta que a causa mortis foi suicídio, c) consta que teve um casinho amoroso com o um dos presidentes mais famosos dos Estados Unidos, John Kennedy, d) entre os filmes que realizou, um deles teve o título brasileiro de "O Pecado Mora ao Lado", acho que é isso, em inglês o título era "Seven Years Itch", e) é desse filme a famosa cena que ela aparece, em pé sobre o respiradouro do metrô, tentando com as mãos evitar que a saia do vestido suba além do necessário, levantado que foi pela ventania provocada pela passagem dos
 trens no túnel do metrô.

Deixando Marilyn de lado, Bob...bem Bob era feito por rapaz alto, um tanto magro, não muito minimalista, também na pujança de seus vinte e poucos anos. Calça preta, camisa de mangas compridas vermelhas como os Bob originais e aquele chapelão que mais lembra um gigantesco panetone, também como os Bob originais. Ao contrário de Marilyn, estava circunspecto, não sisudo. Oferecia o braço para a sua tagarela e exótica companhia, parecia o soldadinho de chumbo dos contos da Carochinha. Para quem ainda não sacou do quê estou falando, quero lembrar que Bob é nome pelo qual são apelidados os guapos rapazes que compõem a guarda real de sua alteza, Elizabeth II, rainha da Inglaterra.

Quando meu olhar avistou esse bizarro casal, meu corpo freou como que por instinto. Apesar da pressa, consegui reservar alguns instantes, o suficiente para notar o estranhamento provocado pelo casal. Antes que atravessassem a Paulista e regressassem para o túnel do tempo, notei que uma garotinha arregalou os olhos, talvez um pouco assustada. Já o garotinho que surgiu alguns transeuntes depois, sorriu - pela expressão do seu rosto conclui que sorria de Bob. Uma senhorinha de preto, apenas olhou. Umas aborrescentes lançaram flechas oculares para Bob. E eu - bem, eu me postei ali, alguns metros depois da esquina, observando o casalzinho se dissolvendo na multidão. Saindo daquele universo paralelo, um pedaço de minha alma conseguiu acompanhar Bob e Marilyn, por alguns momentos. A outra, retomou o caminho para o consultório médico. Juntaram-se alguns minutos depois, numa sala imaculadamente azul, cheirando a ar condicionado. São Paulo, você me deixa de quatro.

sinto-me:
publicado por cacá às 02:39
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

TESOUROS PERDIDOS

I WON'T CRY FOR YOU, ARGE...

VOLTEI PRO MORRO

SE...

SOSSEGADO E CRUCIFICADO

AO SUL DO EQUADOR

HABEMUS DILMA

FILHO DE PEIXE, NEM SEMPR...

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

subscrever feeds