Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

SAINDO DE CENA

 

    Morava nos Estados Unidos,em 1981,quando ouvi falar pela primeira vez de Michael Jackson. Vira na tevê local, o filme "Ben", onde ele interpretava a canção título. Achei sua voz muito bonita e perguntei pro pessoal da casa quem era aquele cantor. Foi então que fiquei sabendo de sua existência. Em seguida, vi alguns episódios de um desenho animado sobre os Jackson Five, e algumas reprises dos shows que o grupo dera anos antes. Fiquei encantando com a figura alegre daquele menino, com o cabelo "black power",  que não sossegava um minuto em cena, parecia um serelepe. E é essa figura que conservo no coração e na memória até hoje. Esse foi e sempre será, para mim, Michael Jackson.

        Quando voltei ao Brasil, alguns meses depois ele estourava no mundo inteiro com o álbum Thriller. Curioso, vi alguns de seus video-clips. Queria saber como estava aquele menino. O que vi, não me agradou muito. Devo confessar - não sou muito chegado em rock, pop, essas músicas barulhentas. Ele estava diferente - produzido demais, berrando demais. Mais pra frente, não no álbum Thriller, me recordo de ve-lo agarrar com força sua área genital. Aquilo me deixou chocado, não combinava com o menino que vira em 1981. Entretanto, tinha-se tornado um dançarino como poucos. E assim foi ao longo do tempo - cada vez mais se distanciando daquele menino. No entanto e, graças a Deus, manteve até o final sua marca registrada - a magia de seu movimento, o feitiço de sua dança. Confesso que sua morte repentina me deixou surpreso e consternado.

        Sobre sua vida, sobre as razões e motivações para seus atos e esquisitices, isso jamais saberemos, como tampouco sabemos sobre motivos e razões para muitas de nossas condutas e comportamentos. Apesar disso, é possível afirmar que pais problemáticos, geram filhos meio destrambelhados. E, pelo que se diz  Papai Jackson, não era lá o pai que todo o filho gostaria de ter. Pintam-no como cruel e tirano. Se isso é certo, a paga veio a contento - foi deixado de lado na repartição da fortuna do filho caçula.

        De Michael Jackson muito do que se diz é fundado em boatos, muitos deles arquitetados pela sua própria assessoria para mante-lo sempre sob a luz dos holofotes. Na sociedade do espetáculo, ser visto é preciso. E a sociedade do espetáculo estipula também que o espetáculo deve continuar até depois da morte do protagonista. Esse espetáculo já começou e promete lances emociantes dora em diante - velório ou não velório, brigas pela herança deixada, mãe que não queria guarda dos filhos mudando de idéia, declarações bombásticas sobre a paternidade dos filhos, quem irá gerir os bens deixados pelo cantor, causas de sua morte. A médio prazo teremos, com muita probabilidade, livros, entrevistas, sobre o outro lado de Michael Jackson, suas esquisitices, suas manias, ou então, filmes pornòs sobre os prazeres proibidos de Michael Jackson e outros tantos filmes sobre sua vida, sua arte e seu legado ao mundo da música pop.

        No mais, rei morto, rei posto - assim diz a cartilha da sociedade do espetáculo. Logo, logo teremos um outro ídolo substituindo aquele que se foi, para delírio e deleite do público, da audiência. O show deve continuar.

   

sinto-me:
publicado por cacá às 03:26
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

IVETE E EU

Em relação ao primeiro tópico, declarou ela que "o que mudou no mundo foi uma ética de comportamento&qu...

Ler artigo
sinto-me: tá frio nos trópicos
publicado por cacá às 02:47
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

SAINDO DE CENA

IVETE E EU

arquivos

Maio 2015

Julho 2014

Abril 2014

Junho 2011

Março 2011

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

subscrever feeds